sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Sem spoilers!


Não fui a tempo de ler o livro antes. Fui ver o Comer, Orar, Amar ao cinema e tenho a dizer que achei o filme um bocado...estranho. Tem partes engraçadas, tem partes em que me emocionei, as comidas davam água na boca, o Javier Bardem continua lindo, a Julia Roberts continua com aquele sorriso fenomenal mas o filme... não sei como explicar mas estava à espera de mais. Há muita coisa que acontece que não é explicada, há muita coisa parva... não sei, pela publicidade toda estava à espera de mais...

Mas, por estranho que se pareça, fiquei com vontade de ler o livro, coisa que nunca me aconteceu depois de ver o filme. Fiquei com a sensação que o livro tem mais para dar que o filme!

2 comentários:

Temperance disse...

Ainda não vi o filme, mas se ficaste com essa sensação, tenho a dizer-te que sem dúvida o livro tem muito mais a dar. Eu li-o e realmente deu-me uma perspectiva totalmente diferente - talvez já focada por muita gente; mas a mim calhou ser a Elizabeth Gilbert a abrir-me os olhos :p

Teresa disse...

Temperance: Vou arranjar o livro em Inglês e depois de o ler digo-te o que achei. Tenho um bom feeling sobre o livro!